Por quê o comércio online de joias tem crescido cada vez mais

Imagine o seguinte cenário: você tem uma festa de casamento, formatura ou uma balada para ir e precisa de um conjunto de jóias, um colar mais bacana, um brinco que combine. Antes da Internet, a gente tirava uma manhã, ia para o centro da cidade ou andar a esmo no shopping, procurando uma loja de jóias (ou várias), que tivessem o artigo tão desejado. O risco de não encontrar o que queria era enorme, ou então de você gastar com um produto que não era realmente o que você desejava, apenas porque precisava de uma joia para um evento.  

comércio de jóias

Além disso, muita gente mora em locais onde o comércio não tem lojas modernas, ou onde as tendências demoram a aparecer, muitas vezes até meses. Mas felizmente a internet mudou tudo isso. Hoje, se gostamos de uma joia, ou um sapato, ou mesmo uma roupa, podemos comprar online, tudo a um clique de distância.

Esse mercado cresce cada dia mais. Apenas em 2016, o e-commerce nacional deve crescer 18% em relação a 2015 e faturar R$ 56,8 bilhões, de acordo com a ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico). O ano deve registrar 190,9 milhões de pedidos nas lojas virtuais. No segmento das joias, para crianças e adultos, essa constante deve perdurar e crescer mais ainda.

Nesse tipo de loja online em específico, a demanda também cresce em razão das pessoas que montam suas lojas físicas de joias e acabam pedindo os materiais por atacado tudo no ambiente virtual. Outra questão é a rapidez: vemos uma atriz famosa usando um colar e em pouco tempo aquele produto está disponível na internet, para quem quiser entrar de cabeça na moda. Tudo isso no conforto do lar, a um prazo que muitas vezes é curto para a entrega do produto.

Um comentário sobre “Por quê o comércio online de joias tem crescido cada vez mais”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *