Como funciona a automatização comercial em supermercados

Supermercados automatizados já são uma realidade nos EUA, Ásia e Europa, porém aqui no Brasil está começando a ganhar força nos últimos anos. A ideia é reduzir os custos trabalhista do supermercado e agilizar também o processo de compra do consumidor.

Mas a automatização comercial não é uma tarefa simples e requer tempo e planejamento para que funcione de maneira correta.

Primeiro passo: planejamento

No passo inicial de uma automação comercial, escolha alguém responsável pela elaboração do plano, essa pessoa deve estar disposta a aprender como funciona o processo de automação. Faça um relatório sobre todos os setores do seu supermercado e seus respectivos problemas que precisam ser solucionados.

Durante a elaboração do relatório veja as necessidades do seu comércio para o processo de compra do consumidor até problemas enfrentados pelos seus funcionários com horário de ponto, por exemplo.

Procure por profissionais que entendem sobre automação para auxiliá-lo a indicar quais equipamentos serão necessários para atender as suas necessidades.

Não se esqueça de que antes escolher os equipamentos, você escolher quais os softwares serão utilizados. Esse processo deve ser feito primeiro, pois caso você escolha o computador antes, pode ser que ele não seja capaz de suportar o software que você escolheu. E lembre-se, o programa deve resolver seus problemas e não o contrário.

Segundo passo: preparação

Agora que tudo está planejado, estabeleça prioridades de compra. Adquira primeiramente os equipamentos que você identificou como necessidades primárias para o funcionamento do seu supermercado.

Além disso, será necessário treinar sua equipe de funcionários, mesmo aqueles que já possuem experiência precisam passar por uma revisão, uma impressora de senha pode ter alguma configuração diferente, por exemplo.

Outro ponto importante nessa etapa é montar o sistema de codificação interna dos seus produtos. A presença de um profissional especialista é essencial nessa etapa, e não se esqueça de após terminar esse processo, fazer uma cópia de segurança de todos os dados em um CD ou HD externo.

Terceiro passo: implementação

Comece automatizando a parte de trás do seu supermercado pois é necessário que você tenha primeiramente o controle do: pedido de compra; recepção de mercadorias; estoque e distribuição de produtos para lojas; precificação e reposição de mercadorias.

Só então depois que você tiver o controle de estoque garantido, automatizar a parte da frente ficará mais fácil. Comece pelo caixa, aonde será instalado o kit PDV. Já que todo o estoque da retaguarda foi otimizada as operações de caixa, processo de compra, emissão de cupom fiscal, coletor de assinatura digital para registro de clientes ficarão mais rápido.

Não se esqueça que mesmo que o processo de automação esteja concluído, tenha sempre o contato de um profissional especializado pois computadores podem apresentar falhas com o passar do tempo e softwares precisam ser atualizados. Portanto é necessário manter um acompanhamento constante de todo equipamento da sua loja para garantir que o seu comercio esteja sempre em funcionamento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *