Criação de bicho-da-seda

Criação de bicho-da-seda é rentável?

Criação de bicho-da-seda

Para empreendedores em áreas rurais, a criação do bicho-da-seda é uma alternativa rentável, principalmente quando se trata de produção familiar. Esta atividade requer baixo investimento na infraestrutura e pequenos espaços de terra, facilitando o acesso para investidores que desejam comprar fazenda e torna-la rentável, mesmo sem muitos recursos para grandes fazendas.

Com cerca de 4 hectares de terra é possível cultivar as amoreiras necessárias para a alimentação das larvas. Os galpões, onde as larvas permanecem todo o período até o envio dos casulos para a indústria, custam cerca de R$ 9 mil em um espaço de 150 x 30 metros, onde acondiciona 100 mil larvas. Se o interesse do empreendedor em fazendas a venda está em diversificar as atividades da propriedade, a sericicultura é uma excelente oportunidade, até porque, sofre sazonalidade.

A safra vai de setembro a maio, período em que a amoreira fica com as folhas amareladas, neste período o produtor deve ter outras fontes de renda, o que é possível conciliar o ano todo com a sericicultura, já que os bichos-da-seda demandam menos trabalho que a agricultura convencional.

Criação de bicho-da-seda: casulos

O ciclo dura menos de 30 dias, o que significa cerca de R$ 2 mil por esse volume de casulos, que devem ser enviados após classificação e seleção, por tamanho e qualidade do casulo. A cada 5 kg de casulo, 1 kg é convertido em seda. E a produção apresenta apenas 3% de perda com casulos muito pequenos, mal formados ou com o bichinho morto.

As folhas da amoreira devem ser colhidas duas vezes ao dia, no primeiro momento da manhã e no fim da tarde, pois é quando estão frescas, já que a temperatura alta das folhas pode matar o bichinho. A cal deve ser usada para afugentar as pragas e tirar o excesso de umidade nas folhas e o formol deve ser usado para desinfetar o ambiente.

No Mato Grosso do Sul e Paraná, a Bratac fornece bichos-da-seda e assistência agrícola para novos produtores: http://www.bratac.com.br/bratac/pt/index.php

3 comentários sobre “Criação de bicho-da-seda é rentável?”

  1. Achei muito interessante a sericultura.
    Só da pra produzir o casulo em lugares frios?
    Tem que ser em lugares mais Unidos?
    Precisa de muito investimento?
    Onde consigo mais informações sobre o cultivo do bicho da seda?
    Consigo a matéria prima de graça?
    Fico ansiosa aguardando um retorno. Abraços
    Enza Cláudia Gambardella

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *